Criando uma nova Baseline

 

Objetivo

Descrever o passo a passo para criar uma nova Baseline.

Público alvo

Administradores da solução OpMon que possuam nível de permissão opmonadmin.

Solução

Siga o passo a passo abaixo descrito para criar uma nova Baseline, ou assista o vídeo:

1 – Acesse a área de Baselines

Para acessar a área onde estão listadas todas as Baselines, basta posicionar o mouse sobre o módulo “Ferramentas” e em seguida clicar em “Configurações“, conforme pode ser visto na imagem abaixo:

 

Nessa área selecione “Baselines” (localizado à esquerda da tela, na área de atalhos). Observe que neste exemplo ainda não há nenhuma Baseline cadastrada, caso houvesse elas já estariam listadas nesta área.

2 – Criando a nova Baseline

a) Para criar uma nova baseline, basta  selecionar a opção “Criar nova baseline“, conforme ilustrado na imagem abaixo:

 

 

b) Ao iniciar a criação de uma nova baseline, primeiramente preencha o nome e descrição da baseline. Por padrão, o OpMon sugere um nome para a sua baseline utilizando o seguinte padrão: Baseline_Dia_Mês_Ano_Hora_Minuto_Segundo. Porém, é possível colocar o nome que você preferir. Depois de definido o nome e descrição, clique em “Criar nova baseline”:

 

3 – Configurando o comportamento da Baseline

Na tela seguinte já é possível inciar as configurações relativas à Baseline criada, abaixo serão listadas as opções de configuração existentes:

  • Amostra Coletada: Nesta área deve ser definido o período de comparação e tamanho da coleta:

 

Sobre o período de comparação:  Antes de falar a respeito dos tipos de períodos de comparação, é importante destacar que as comparações serão feitas utilizando o mesmo intervalo de tempo. Como intervalo de tempo considera-se: Da hora atual menos o intervalo de checagem à hora atual mais o intervalo de checagem.

 

Os tipos de períodos para comparação existentes são:

  • Dia: Irá comparar a amostra atual com os dias anteriores.
  • Semana: Irá comparar a amostra atual com as amostras de semanas anteriores.
  • Mês: Irá comparar a amostra atual com as amostras dos meses anteriores.
  • Calendário: Irá comparar a amostra atual com as amostras de meses anteriores, levando em consideração o número de dias úteis ou não úteis de cada mês.

Ex.: Considerando uma amostra no dia 11/09/2015 às 08:00 (8º dia útil do mês), a comparação será realizada com todos os 8ºs dias úteis dos meses anteriores às 08:00. Considerando uma configuração onde os dias uteis e não uteis não tenham sido alterados, as comparações serão feitas com os dias:

12/08/2015, 10/07/2015, 10/06/2015…

 

Tamanho da amostra coletada: Aqui é possível definir o tamanho da amostra que será utilizada para comparação, lembrando que as comparações sempre ocorrerão dentro do mesmo intervalo de tempo. Ou seja, se o período da amostra é as 8h, todas as comparações utilizarão o mesmo horário (8h), levando em consideração o intervalo de checagem.

Ex.: Considerando o tamanho da amostra como 8:

– Para Dias, serão considerados 8 dias anteriores a data atual.

– Para semana, serão consideradas 8 semanas anteriores a data atual.

– Para Mês, serão considerados 8 meses anteriores a data atual.

– Para Calendário, serão utilizadas 8 amostrar no mesmo dia (útil ou não útil) dos meses anteriores ao coletado.

 

Observe que para o tipo de comparação “Calendário” é possível definir quais serão os dias úteis e dias não uteis, para isso, clique em “Editar”, conforme demonstrado na figura abaixo:

 

 

Por padrão o OpMon define o calendário da seguinte forma: De segunda à sexta como dias úteis e Sábados e Domingos como dias não úteis, não considerando feriados.

Para alterar o padrão de qualquer dia, basta selecionar o dia no calendário e em seguida determinar se ele será dia útil ou não útil.

 

É possível também alterar o tamanho das margens de confiança, tanto para cima quanto para baixo. Para isso, basta clicar em “Personalizar alarme para este dia”, conforme a imagem à seguir:

Observe que ao realizar uma configuração específica para um determinado dia, este dia ficará destacado no calendário pela cor amarela, conforme pode ser observado na imagem acima.

Para voltar para a tela de configurações globais da baseline, basta clicar em “Voltar”:

 

 

  •  Funcionamento do alarme: Nesta área deve ser definido quando o OpMon deverá alarmar a respeito do baseline, sendo possível definir: quando a métrica ultrapassar qualquer limite; quando a métrica exceder o limite superior ou quando a métrica exceder o limite inferior. Os alarmes serão enviados para os responsáveis pelo serviço.

 

Sobre o Intervalo de confiança: O cálculo para o intervalo de confiança é realizado da seguinte forma:

Superior:  o valor retornado no cálculo do baseline + Desvio padrão.

Interior: o valor retornado no cálculo do baseline Desvio padrão.

 

É possível aumentar ou diminuir o número de desvios padrão tanto para o limite superior quanto inferior, utilizando para isso o multiplicador de desvio padrão a área de configuração à seguir:

 

Exemplo: Caso o desvio padrão seja de 2,5 e o limite superior estiver definido como 2, o valor do desvio padrão será multiplicado ao valor do limite, ficando em 5.

 

4- Adicionando as métricas à Baseline

a) Para adicionar as métricas à baseline criada, basta clicar em “Editar métricas associadas”, conforme demonstrado na imagem abaixo:

 

b) Você verá uma tela similar a abaixo apresentada, onde é possível clicar em “Adicionar novas métricas”  para começar a adição de métricas.

 

c) Na área de associação de métricas selecione o host de origem e em seguida o elemento de origem onde as métricas estão associadas, após selecione as métricas e em seguida clique em “Adicionar”:

 

d) Faça tantas adições quanto forem necessárias, e após basta clicar em “Salvar” para concluir a adição da baseline.

 

Clique aqui para acessar mais conteúdos relacionados a baseline.

Updated on January 15, 2019

Was this article helpful?